Três Perguntas a Mariana Lança

António Lança Produtor e Mariana Lança Directora Geral da Herdade Grande 

Quem é a Mariana Lança?

Mariana Lança, 30 anos, filha de António Lança, produtor e fundador da marca há 20 anos.

Sendo a Herdade Grande um projeto familiar, com praticamente um século de existência, nasci e cresci acompanhando o desenvolvimento da empresa. Desde cedo percebi que a minha vida profissional tinha de ser rodeada de vinhas e olival. Das três filhas, sempre fui a mais ligada ao campo e em particular à Herdade Grande. Assim, apenas eu me licenciei em Engenharia Agronómica com mestrado em Viticultura e enologia, e após realização do meu estágio curricular em Adega reconhecida, integrei o projeto em 2011.

Pela paixão pelo projeto, decidi em 2014 trocar Lisboa pela Vidigueira.

Atualmente exerço funções de Diretora Geral, acumulando enologia/produção, área comercial e marketing.

A relação geracional que sempre existiu, continua agora entre pai e filha reforçando a qualidade dos nossos vinhos.

Vejo sobre mim um grande desafio:

Superar de forma consistente a qualidade de 20 anos de histórias à volta do vinho, ao longo dos quais os vinhos Herdade Grande conquistaram interna e externamente grandes classificações com destaque, recordando com saudade o meu Avô Eduardo e a Avó Maria Carlota que deste projeto fazem parte.

Um vinho e o prato que melhor o acompanha?

Sopa de Cação com o Herdade Grande Reserva Branco 2014

Dicas para melhorar a experiência com o vinho?

A utilização de copos adequados quer para brancos, quer para tintos, é muito importante.

No entanto, a temperatura é realmente “o fator” limitante da prova.

Dependendo sempre da temperatura ambiente, para os tintos aconselho abertura da garrafa a 14º para que suba até aos 16/17ºC por aquecimento natural dada a temperatura ambiente (19/20º).
Num dia de Verão, com temperaturas elevadas será conveniente 12º graus.

Para os brancos aconselho 7ºC, para que suba naturalmente até aos 9/10º.

Brancos com estágio, por exemplo o n/ Reserva Branco, aconselho sempre que o bebam a 10/12ºC.

Ultimamente tenho experienciado algo ao contrário que tem resultado.

Escolho 1º o vinho e só depois aquilo que o vai acompanhar. Tentarmos harmonizar uma refeição em pleno é dos maiores prazeres da vida.

Um vinho Herdade Grande para:

Guardar e beber daqui a 10 anos:

Herdade Grande Tinto Grande Reserva 2013 – AML 70

Levar para uma ilha deserta:

Herdade Grande Branco Colheita Selecionada 2016

Para beber enquanto cozinha:

Herdade Grande Rosé 2016

Para o final do dia:

Herdade Grande Branco Colheita Selecionada Gerações 2016

Da cave para beber agora:

Herdade Grande Reserva 2009

Receber as novidades do Adegga