A AdegaMãe está situada na zona Oeste do país, expressando todas as condições particulares da região. A proximidade do Oceano Atlântico e as características dos próprios solos acabam por influenciar o nascimento de vinhos muito originais, marcados por uma refrescante acidez natural e grande mineralidade.

O clima, os solos de origem calcária, a orografia do terreno e a aposta nas grandes castas nacionais e internacionais, permitem à Adega Mãe a criação de vinhos originais, de caráter diferenciador e verdadeiramente surpreendentes.

Vinhas Atlânticas – Implantadas a 10 kms do mar, expressam na sua plenitude toda a personalidade e subtileza das castas brancas: Viosinho, Alvarinho e Chardonnay.

Vinhas da Encosta – Situadas em zona de maior maturação, revelam todo o potencial de nobreza e harmonia das castas tintas: Touriga Nacional, Merlot e Cabernet Sauvignon.

A AdegaMãe tem uma área de vinha aproximadamente 40 hectares. A sua capacidade produtiva situa-se nos 1,5 Milhões de litros por ano. A Adega produz vinhos brancos, tintos e rosés.

A infraestrutura produtiva está dotada de equipamentos modernos e sofisticados, conjugando tecnologia de ponta e métodos tradicionais – a “sala do Tempo”, setor da adega onde estagiam os vinhos mais nobres, conta com mais de 150 barricas em carvalho francês e americano selecionadas criteriosamente.

A equipa de enologia é altamente dedicada e especializada, sendo liderada pelos enólogos Anselmo Mendes e Diogo Lopes.

Adegga 52

Adegga52 são os vinhos seleccionados pelo produtor para destacar no Adegga

Dory 2017 (Branco)

Dory 2017 (Branco)

É o branco que melhor define o projeto. Um vinho marcadamente Atlântico, que junta 4 das mais importantes castas brancas: Viosinho, Alvarinho, Arinto e Viognier. É um vinho mineral, com uma acidez vibrante e com um toque salino. Fermentado só em inox para manter a autenticidade das castas e com batonnage durante 4 meses para ganha. Combinação perfeita para mariscos ao natural.

Ir para o Facebook



AdegaMãe Terroir 2014 (Branco)

AdegaMãe Terroir 2014 (Branco)

O branco de excelência da AdegaMãe. Feito só em anos muito especiais, resume todo o caracter dos vinhos de Lisboa. Resulta das parcelas mais calcárias da vinha da AdegaMãe, com as castas Viosinho e Alvarinho. Fermenta em barricas de 400l de carvalho francês e estagia durante 12 meses nas barricas. Após este estágio é engarrafado e faz mais um ano em garrafa até ser lançado para o mercado. Será o expoente máximo do Terroir da AdegaMãe. Edição muito limitada de 2700 garrafas.

Ir para o Facebook



Vinhos

Pinta Negra


Arinto, Fernão PiresAragonezAragonez, Castelão

Dory


Alvarinho, Arinto, Viognier, ViosinhoMerlot, Syrah, Tinta Roriz, Touriga NacionalAlvarinho, Chardonnay, ViosinhoCabernet Sauvignon, Merlot, Petit Verdot, Touriga Nacional

Monocastas


ArintoAlvarinhoChardonnayRieslingSauvignon BlancViognierViosinhoPetit VerdotPinot NoirTouriga NacionalCabernet SauvignonMerlot

Terroir


Alvarinho, Arinto, ViosinhoMerlot, Touriga Nacional

Espumante


Aragonez

221


Alvarinho

Legenda
  • RP - Robert Parker
  • VGE - VINHO - Grandes Escolhas
  • WS - Wine Spectator
  • EV - Essência do Vinho
  • WE - Wine Enthusiast
  • JPM - João Paulo Martins
  • DM - Decanter Magazine
  • BC - Boa Compra
  • DA - Decanter Awards
  • BE - Boa Escolha
  • RV - Revista de Vinhos
  • ARV - Antiga Revista de Vinhos
  • CMB - Concurso Mundial de Bruxelas
  • CVP - Concurso Vinhos de Portugal

Notícias

Receber as novidades do Adegga